top of page
banneriptu_2024Prancheta-1.png
  • Info Serrinha e Região

Pré-candidato ao Governo do Rio acusa deputado ligado a Bolsonaro de ameaçar pessoas em caminhada

O caso foi registrado por partidários do movimento da esquerda na 19ª Delegacia de Polícia da Tijuca (RJ) como ameaça e injúria.


O pré-candidato ao Governo do Rio de Janeiro Marcelo Freixo (PSB) teve uma caminhada realizada na Tijuca prejudicada após o deputado Estadual Rodrigo Amorim (PTB), aliado do presidente Jair Bolsonaro, invadir sua passeata e, juntamente com assessores, fazer ameaças e tentar intimidar todos que estavam acompanhando o deputado Federal.


Em vídeo gravado e divulgado nas redes sociais Freixo lamentou o ocorrido e afirmou que o deputado, que também é ligado ao governador do Rio de Janeiro e pré-candidato a reeleição, Cláudio Castro, ameaçou até crianças que estavam no local.


"Ele estava acompanhado de 10 marginais armados, que foram para cima das pessoas, crianças, mulheres e idosos com muita violência, ameaçando e dizendo que ali não era lugar que a gente tivesse".


O vídeo mostra o deputado Rodrigo Amorim alterado e os homens que o cercam fazendo ameaças e discutindo com pessoas que repudiavam a atitude. Ainda de acordo com as pessoas os assessores estavam armados.


O caso foi registrado por partidários do movimento da esquerda na 19ª Delegacia de Polícia da Tijuca (RJ) como ameaça e injúria.


O deputado Rodrigo Amorim é o mesmo que há quatro anos quebrou uma placa que homenageava a ex-vereadora Marielle Franco, morta a tiros após participar de um evento no Rio de Janeiro.



Comments


119144---BNI-728x90px-NOVA-BAHIA-SECOM-2024.png
bottom of page