top of page
Design sem nome.gif
  • Info Serrinha e Região

Secretário de Meio Ambiente reforça recomendação para adiamentos de cavalgadas em Serrinha

Pedido para adiamento de eventos com animais se deu por conta das altas temperaturas.


Na noite da última terça-feira, 5, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Meio Ambiente de Serrinha emitiu comunicado oficial recomendando que eventos que exponham animais ao forte calor como cavalgadas sejam adiados, sendo essa uma maneira de ajudar a cuidar da saúde e do bem-estar do animal.


Nesta quarta-feira, 6, o secretário municipal responsável pela pasta Diego Tomaz confirmou, em entrevista ao programa Continental News, a recomendação para a não realização de cavalgadas. "Estamos recomendando que as cavalgadas sejam adiadas porque os animais vêm sofrendo, e precisamos pensar no bem-estar do animal. Geralmente quem tem cavalo zela por ele, mas estamos passando por condições desfavoráveis como estiagem e seca".


Segundo o secretário, a perda de vegetação em Serrinha ajuda para a seca. "A gente está tendo altas temperaturas não só em Serrinha, mas estamos sofrendo com questões climáticas em todo Brasil. Quando se trata de macro-clima estamos falando do fenômeno El Nino. Aqui em Serrinha temos muita supressão de vegetação porque hoje muita gente faz loteamentos e isso acaba suprimindo a vegetação."


O secretário afirmou ainda que há Leis que garantem a proteção animal. "Estamos preocupados com bem-estar animal. Tem uma Lei Federal sobre a questão de bem-estar, tem a Lei Municipal 1355/2023 também vigente sobre o bem-estar animal, e a gente pede que os organizadores adiem. Precisamos que Serrinha volte chover, fique um clima mais ameno".


Diego Tomaz pediu que os organizadores respeitem a recomendação. "Não é um Decreto, não está proibido, mas a gente vem aqui recomendar que o pessoal tenha o bom senso e respeite a questão dos animais".

Comments


Design sem nome.gif
bottom of page