top of page
Design sem nome.gif
  • Thiego Souza

Secretário de Meio Ambiente comenta sobre eventos de "paredão" em Serrinha

Eventos nesse estilo foram encerrados após a chegada da Polícia.


No último domingo, 15, um evento com encontro de "paredões" automotivos foi realizado em um bar localizado no povoado Alto da Bandeira, em Serrinha, e a festa foi encerrada por conta da poluição sonora no local, tendo como resultado quatro veículos apreendidos, e o proprietário do estabelecimento tendo que ir à Delegacia para prestar esclarecimentos.


Esse não foi o primeiro caso em Serrinha onde festas no estilo paredão foram encerradas, e isso vem ocorrendo porque o município, através da Secretaria de Meio Ambiente, não permite as realizações desses tipos de encontros (relembre outro caso aqui).


O secretário de Meio Ambiente, Diego Tomaz, explicou o processo para que uma festa seja autorizada pelo Município. "Esses eventos eles precisam passar primeiro pela Defesa Civil, onde vai ser exigido Alvará, extintores para proteção das pessoas, segurança e Corpo de Bombeiros - se houver necessidade -, depois vem para a Secretaria de Meio Ambiente para pegar autorização de uso do solo para espaços públicos e também autorização pela questão ambiental nesse foco da poluição sonora", disse em entrevista exclusiva ao Info Serrinha.


Porém o secretário deixou claro que festas no estilo "paredão" não são permitidas em Serrinha. "A gente não permite eventos, em hipótese alguma, de sons automotivos, paredões, isso já vem no próprio requerimento que está escrito que é proibido som automotivo, e devido a essa questão se um evento tiver sendo feito com paredão ele (o responsável) já está sujeito e sabendo na própria assinatura do documento se responsabilizando, então se colocou paredão não foi autorizado nem pela Prefeitura e nem pela Secretaria de Meio Ambiente.


O comandante do 16º BPM/Serrinha afirmou que a Polícia Militar só realiza a segurança em eventos que são autorizados pela Prefeitura. "Nós temos um entendimento com a Prefeitura que quem quiser realizar evento primeiro faz ofício à Prefeitura, que vai avaliar as questões técnicas lá na Secretaria do Meio Ambiente, e depois mandam a autorização da realização do evento para a gente. A gente só policia eventos que tenham autorização da Prefeitura".

Comments


Design sem nome.gif
bottom of page