top of page
banner_728X90 (1).png
  • Info Serrinha e Região

Sandro Magalhães confirma ter recebido propostas de outros partidos, mas avisa: "não sairei do PT"

Pré-candidato voltou a negar racha com secretário Osni Cardoso, porém reforçou que discorda da condução para a eleição 2024.

Foto: Reprodução/TV Eventos


Na noite da última terça-feira, 02, o pré-candidato a prefeito de Serrinha pelo PT, Sandro Magalhães, participou de uma entrevista na TV Eventos onde tratou sobre as especulações que envolvem sua pré-candidatura, e voltou a reforçar que segue na disputa pelo partido.


Sandro Magalhães confirmou que recebeu propostas para se lançar na disputa por outro partido, mas optou, após decisão com o Conselho Político que o acompanha, seguir na disputa pelo PT.


"Recebi propostas de várias grupos políticos, de vários partidos para lançar uma candidatura independente, conversei com alguns partidos, tive um diálogo bom para uma possibilidade de ser um candidato pela terceira via, tinha até uma opinião minha, coloquei nossa opinião no Conselho, e nós decidimos algo muito importante: eu sou pré-candidato a prefeito pelo Partido dos Trabalhadores. A luta pra gente começa quando a última termina".


Questionado sobre rachas com o secretário Osni Cardoso, o pré-candidato Sandro Magalhães voltou a reforçar que não há nenhuma tipo de situação com a liderança política, e afirmou que divergências são normais dentro do processo, destacando que não concordou com a condução do atual processo eleitoral.


"Em nenhum momento temos racha, briga, confusão com o PT ou com o deputado, muito pelo contrário, talvez, pela minha longa estrada de 22 anos que pude contribuir com ele, e ele pôde contribuir muito em minha vida, foi o primeiro momento que disse claramente a ele que a estratégia que estava sendo estabelecida por ele não estava correta, e não levaria o PT a ganhar as eleições. É uma discordância sobre a estratégia política que foi colocada naquele momento. Não tenho problema nenhum com o deputado, pelo contrário, reconheço a importância dele na minha trajetória, mas discordo muito desse processo eleitoral de 2024".


Sandro afirmou que segue firme na disputa pelo PT. "Tem gente que faz da sua vida um vitimismo, de achar que foi traído e com isso ganha popularidade. Eu conduzi o meu processo de uma forma, nessa momento a opinião do deputado é diferente da minha e não vou arredar o pé porque a minha pré-candidatura não é só de Sandro, não tenho um dono da minha pré-candidatura".


O pré-candidato Sandro Magalhães destacou na conversa que não sairá do PT.

Comments


119144---BNI-728x90px-NOVA-BAHIA-SECOM-2024.png
bottom of page