top of page
banner_728X90 (1).png
  • Info Serrinha e Região

Presidente de clube baiano critica sequência e promete SAF em 2025 caso equipe permaneça na elite

Gestor admitiu a possibilidade de se afastar.



O presidente do Bahia de Feira, Jodilton Souza, anunciou na última segunda-feira, 5, em entrevista à Rádio Sociedade News, de Feira de Santana, que irá se afastar da equipe devido às diversas situações que estão prejudicando o Campeonato Baiano, principalmente os recorrentes casos envolvendo erros de arbitragem, e também as escalas de jogos desgastantes principalmente para os times do interior.


"Estou muito chateado, muito magoado. Eu vou esfriar um pouco a cabeça, eu estou muito desapontado, muito decepcionado. Vou ligar para Ricardo e vou mostrar a ele o prejuízo que ele está causando ao futebol da Bahia. Porque não está causando só ao Bahia de Feira".


Ainda segundo o presidente, a tabela de jogos não favorece quem tem menor estrutura. "Você faz uma tabela, você estreia contra o Jacobina aqui em um sábado, na terça-feira você vai jogar, no outro sábado pega o Vitória, na terça-feira pega o Itabuna fora, no sábado pega o Bahia aqui, não tem time que aguente você jogar em cinco dias contra o Bavi e contra o Itabuna lá. Você sabe como é difícil. Outra coisa, aí chega Bahia e Vitória, eles montam o time e jogam de acordo com o interesse deles, não tem critério a Federação. Como é que o Jequié pega o sub-17 do Bahia, pega o time misto do Vitória e a gente pegou os dois completos? Que critério tem a Federação?".



Atualmente na zona de rebaixamento, o Bahia de Feira pode passar pelo processo para se tornar SAF em 2025 caso se mantenha na elite. "Se o extracampo não prejudicar e se a gente não cair, permaneça na primeira divisão, que é o que nós vamos trabalhar para isso, a gente vai transformar numa SAF. Hoje nós seríamos os proprietários dessa SAF e buscar no mercado alguém que tenha mais paciência do que a gente, que tenha mais poder, que queira ter mais poder de investimento, até porque a gente já gastou muito dinheiro e não saiu do lugar".


Devido ao atual momento, a diretoria do Bahia de Feira dispensou o treinador Oliveira Canindé e contratou Nazareno Silva, que estreou no empate em 2 a 2 contra o Jacobina, na Arena Cajueiro.


119144---BNI-728x90px-NOVA-BAHIA-SECOM-2024.png
bottom of page