top of page
BANNER LEADERBOARD SÃO JOÃO SERRINHA 2024 - 728X90pxl.gif
  • Info Serrinha e Região

Policial militar é presa acusada de agressão e trabalho análogo à escravidão

Um homem de 59 anos estava em cárcere privado na casa da tenente


Uma policial militar de 51 anos foi presa na última quinta-feira, 23, no bairro de Brotas, em Salvador, após ter sido denunciada por um homem que trabalhava sob tortura e agressão.


A vítima que foi contratada para cuidar da mãe da tenente contou que as agressões começaram há um ano e cinco meses. Segundo o homem, as punições aconteciam sempre que a patroa ficava insatisfeita com alguma atividade. Além disso, o trabalhador não recebia salário desde janeiro e tinha o celular confiscado durante o expediente.


“Pensei até em tirar minha vida. Não estava mais aguentando aquela vida de tortura”, disse em entrevista à TV Bahia.


De acordo com a Polícia Civil, a suspeita está à disposição da Justiça e um inquérito foi instaurado para apurar as denúncias. O trabalhador foi ouvido e deve passar por um exame de corpo de delito.

Comments


119144---BNI-728x90px-NOVA-BAHIA-SECOM-2024.png
bottom of page