top of page
BANNER LEADERBOARD SÃO JOÃO SERRINHA 2024 - 728X90pxl.gif
  • Thiego Souza

Jornalista Jéssica Senra fala sobre a importância da literatura em um mundo digitalmente acelerado

Profissional da Comunicação esteve presente na abertura da FELIS.


Convidada para participar da abertura de Feira Literária Internacional de Serrinha (FELIS), que aconteceu na noite da última quinta-feira, 20, na quadra do Colégio Rubem Nogueira, em Serrinha, a jornalista Jéssica Senra fez uma rápida análise sobre o crescimento e fortalecimento das novas tecnologias, e afirmou que mesmo diante de tantas novidades a literatura sempre terá espaço na vida de todos, e se torna extremamente importante em um momento onde tudo muda muito rapidamente, e muitas vezes a mente e o corpo humano necessitam de uma pausa.


"É impossível a gente fugir das telas e das novas tecnologias por tudo que está se colocando, as redes sociais, com seus estímulos intensos, mas todos que estão muitos envolvidos nessas novas tecnologias têm sentido uma aceleração da mente, dos pensamentos, da ansiedade, daquela angústia de não conseguir fazer só uma coisa, está fazendo várias coisas ao mesmo tempo, e o nosso corpo, a nossa mente, e a nossa alma têm muito desejo e muita necessidade de parar, de estar ali em uma atividade apenas, e a literatura lhe exige isso, você não consegue ler e fazer outras coisas ao mesmo tempo, então a literatura é um convite também a esta pausa necessária que a gente está precisando neste momento", disse em entrevista ao Info Serrinha.


Além da possibilidade de descanso do corpo e da mente, a jornalista afirma que o hábito da leitura proporciona às pessoas a possibilidade de novos pensamentos, de viver outras realidades. "A Literatura também nos leva para mundos diversos, para realidades inúmeras de outros países, outros mundos, mundos imaginários, outros corações, outras mentes, então a literatura é fundamental para nós mesmo que surjam outras tecnologias. É preciso ter espaço para a literatura".


Jéssica Senra, juntamente com a diretora de Educação da UNEB Serrinha, Isabelle Sanchez, e a estudante Maria Eduarda Martins, participou da mesa redonda que abriu oficialmente a FELIS com o tema "A Independência é Feminina". (relembre aqui)

Comments


119144---BNI-728x90px-NOVA-BAHIA-SECOM-2024.png
bottom of page