top of page
banner_728X90 (1).png
  • Info Serrinha e Região

Delegada comenta sobre crime cometido por menor na Lagoa Seca em Serrinha

Menor foi apreendido após confessar o crime; Filho, que também era suspeito, foi morto a tiros.


O crime cometido contra uma mulher na última quinta-feira, 17, por um adolescente de 15 anos, ainda é um dos assuntos mais comentados de Serrinha. A barbárie que foi presenciada pelo filho de 22 anos, que foi morto a tiros no último sábado, 19, foi comentada pela delegada Edileuza Suely Cardoso Ramos, que explicou as motivações para o ocorrido.


"Quando tomamos conhecimento do fato imediatamente os investigadores saíram em diligência e conseguimos localizar o menor de idade que confessou a prática delituosa. Após o crime foi para casa e dormiu, e depois foi para a escola onde ele foi encontrado e conduzido à Delegacia. Inicialmente o filho da vítima na qual ela tinha relação difícil, ele também era suspeito do homicídio. O menor, que tinha um envolvimento amoroso com ela, ele alega que a matou porque ela disse que iria denunciá-lo por estupro, e temendo essa denúncia ela afirma ter matado a vítima", disse em entrevista à Rádio Subaé AM.


O filho de mulher foi morto a tiros na noite do último sábado, 20. A Polícia Civil está investigando o crime para saber se tem relação com a morte da mãe.



119144---BNI-728x90px-NOVA-BAHIA-SECOM-2024.png
bottom of page